Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

respirar

respirar

05/03/21

MOMENTO

ZEN

Que a nossa alma seja invadida por uma sagrada ambição de não nos contentarmos com as coisas medíocres, mas de anelarmos às mais altas, de nos esforçarmos por atingi-las, com todas as nossas energias, desde o momento em que, querendo-o, isso é possível. Giovanni Pico Della Mirandola in Discurso Sobre a Dignidade do Homem

18/11/20

MOMENTO

ZEN

Pergunto-me o que aconteceria se eu tratasse toda a gente como se estivesse apaixonado por elas, quer gostasse delas ou não. E quer respondam ou não e sem ligar ao que dizem ou me fazem, e mesmo que eu veja coisas nelas que são feias, retorcidas, mesquinhas, cruéis, vãs, falsas, indiferentes, aceitar tudo e virar a minha atenção para alguma pequena, fraca, tenra parte escondida, e manter o meu olhar nisso até brilhar como um feixe de luz. Como uma fogueira, posso aquecer as mãos e confiar que continua a queimar todo o desperdício que não é, nunca foi, da minha conta intrometer-me. Derek Tasker

06/11/20

MOMENTO

ZEN

É um privilégio enorme vivermos em conflito com o nosso tempo. A cada momento temos consciência de não pensarmos como os outros. Este estado de dissemelhança agudo, por muito indigente ou estéril que pareça, possui todavia um estatuto filosófico, que inutilmente procuraríamos nas cogitações concedidas aos acontecimentos. Cioran

03/11/20

MOMENTO

ZEN

Acreditar no que fazemos ou no que os outros fazem é deixarmo-nos seduzir por ninharias. Devíamos furtar-nos aos simulacros e até às «realidades», colocar-nos fora de tudo e de todos, expulsar ou esmagar os nossos apetites, viver, de acordo com um adágio hindu, com tão poucos desejos como um «elefante solitário». E. M. Cioran

Arquivo

Mensagens